Cuidados com as crianças no final de ano

O final de ano chegou, e com ele chegam as férias da garotada. Viagens, festas, praia, piscina e muita diversão fazem parte dessa época do ano. Porém, essa também pode ser uma época de machucados, acidentes domésticos e idas ao pronto socorro.

Para evitar transtornos desnecessários em um período de alegria e lazer, separamos algumas dicas e cuidados simples para aproveitar as comemorações de final de ano sem estresse.

 

1. Cuidado redobrado com o sol

A exposição ao sol pode ser nociva para qualquer pessoa. Como a pele das crianças é muito mais sensível que a dos adultos, deve-se ter um cuidado redobrado com a proteção durante o verão.

Na praia, piscina ou em outros lugares expostos, prefira os horários das 7h às 10h da manhã e após às 16h da tarde, quando o sol está menos agressivo. Durante o horário de pico do sol, ofereça atividades que não sejam ao ar livre para os pequenos.

O uso de protetor solar é essencial diariamente, em qualquer estação, mesmo quando os dias estão nublados. As aplicações devem ser a cada duas ou três horas, independente da intensidade do sol. É recomendável buscar indicação do pediatra na hora da compra de um protetor solar com o fator de proteção adequado. Bebês com menos de 6 meses de idade não devem utilizar protetor solar.

Outra forma de proteção contra os raios solares são roupas de algodão e acessórios como chapéus, bonés e viseiras.

 

2. Ofereça uma alimentação balanceada

Alimentar as crianças na época mais quente do ano pode ser um desafio. As altas temperaturas também aumentam a temperatura corporal, que por consequência eleva a transpiração e a eliminação de água, sais minerais, vitaminas e nutrientes.

Para recompor as energias, o ideal é oferecer uma alimentação balanceada com comidas mais leves como frutas, legumes, carnes magras, saladas bem lavadas e até lanches naturais.

 

3. Mantenha a criança sempre hidratada

Com o aumento da temperatura corporal no verão e consequentemente a elevação da transpiração, água e sais minerais são perdidos com o suor, o que pode ocasionar um quadro de desidratação.

A desidratação ocorre quando o corpo possui menos água do que necessita, e geralmente vem acompanhada de sintomas como boca seca, olhos fundos, fraqueza, tontura e dores de cabeça.

Para evitar essa situação, o mais importante é sempre manter as crianças hidratadas. Você pode oferecer água, sucos naturais (de preferência sem açúcar) ou água de coco. Evite refrigerante e outras bebidas gaseificadas, pois elas favorecem a eliminação de sais minerais pela urina.

 

4. Não esqueça do repelente

O verão é a temporada propícia para a proliferação de mosquitos que transmitem diversas doenças perigosas, como dengue, Zika, Chikungunya e febre amarela. Por isso, é recomendado o uso de repelentes, sobretudo para proteger as crianças contra as picadas desses insetos.

O ideal é consultar um pediatra para orientação sobre qual tipo de repelente utilizar no seu pequeno. 

 

5. Cuidados nas festas e celebrações

As festas de fim de ano são momentos de alegria, celebração, comilança e muita diversão para toda a família. Mas é importante tentar adaptar a rotina dos pequenos a esses eventos, evitando estresses e transtornos.

Durante a ceia, com tanta comida gostosa na mesa, é importante atentar para o prato da criança. Comer demais ou exagerar em alguma comida que a criança não está acostumada a comer pode trazer sintomas como indigestão, vômitos e diarreias.

Também é fundamental ter atenção com o sono do pequeno. Dias agitados como esses podem afetar os hábitos de sono da criança, gerando cansaço excessivo, mau humor e desregulando seu metabolismo.

Presença confirmada nas comemorações de fim de ano, os fogos de artifício podem assustar bebês e crianças com o barulho. Não é recomendado assistir a queima de fogos com um bebê menor de um ano. Uma forma de proteção é o uso de protetores auriculares nos pequenos.

 

6. Evite acidentes domésticos

Problema comum durante as férias, acidentes domésticos podem acontecer a qualquer momento, em um piscar de olhos. Desde arranhões e hematomas, até situações mais graves como quedas, afogamentos e acidentes na cozinha, crianças devem ser mantidas sempre à vista, para garantir sua segurança em todos os momentos.

Mantenha os pequenos longe do fogão; fique sempre atento às brincadeiras em ambientes como mar e piscina; utilize protetores de tomada; coloque telas ou grades nas janelas; guarde medicamentos, produtos de limpeza e bebidas alcoólicas longe do alcance de crianças; e tenha sempre em mãos os telefones de emergência da sua região. Cuidado nunca é demais!

 

Com cuidados simples, você pode garantir um final de ano inesquecível para toda a sua família. E se você precisar de atendimento médico para seu pequeno, a Top Clínicas conta com pediatria! Ligue (48) 3229-8808 ou mande uma mensagem para nosso WhatsApp, no número (48) 98844-3545.

Deixe um comentário